“Porque Deus amou o mundo”, sem exceções!

 Deus amou Faraó tanto quanto ama qualquer outro pecador! O segundo livro da Bíblia deixa claro que, tudo o que Ele fez ao rei do Egito tinha o objetivo de ensiná-lo, fazê-lo arrepender-se, transformá-lo e salvá-lo, para que ele, Faraó, se tornasse um pregador do evangelho para seu próprio povo e ajudasse a Deus a salvar a muitos dentre eles, senão todos! A história daquele orgulhoso pecador egípcio tem muito que ver com a nossa própria… (Hendrickson Rogers)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: