Onde Jesus esteve dos 12 aos 30 anos de idade? (Sem Supermentiras vendáveis!)

A Revista “Superinteressante” com seus editores supercomprometidos com o materialismo, sensacionalismo e com a mentira lucrativa, não importando as consequências na vida dos jovens (seu público preferido e mais superdespreparado), sempre tem publicado superbaboseiras a respeito da Bíblia sagrada e de seu Autor – o Criador. Entre elas aparece o artigo de capa “Os anos ocultos de Jesus” (julho deste ano), onde aparecem alegações pessoais tidas como fatos históricos, como “os evangelhos de Mateus e Lucas se basearam em Marcos”, apenas pelo fato deste último ter sido o primeiro evangelho escrito! (Claro, os editores e seus “especialistas” consultados não são muito de estudar a Bíblia, pelo menos sem jogar nela ou extrair dela apenas seus próprios preconceitos). A profissão de carpinteiro do jovem Jesus e de seu pai José é colocada em dúvida por causa de… uma palavra (ou da interpretação dada a ela!), e outras superaberrações atraentes somente para quem possui uma superignorância bíblica. Como contrapartida, apresento uma resposta ao título da postagem em harmonia com a própria Bíblia e a História, construída pelo Dr. Alberto R. Timm, na Revista Sinais dos Tempos de janeiro de 1999. Pena que a outra revista não tem interesse em consultar cristãos abalizados assim para seus artigos cristãos. Compare e, por favor, não patrocine o irracionalismo e disseminação do ateísmo! Use o dinheiro que Deus colocou em sua mão para você administrá-lo, para que a exemplares da Verdade cheguem em todos os lugares, não edições da supermentira
       
Como os evangelhos não mencionam explicitamente o que ocorreu com Cristo dos 12 aos 30 anos de idade, muitas pessoas se sentem na liberdade de conjecturar a esse respeito. Alguns sugerem que nesse período Cristo Se afastou da Palestina para viver em algum lugar do Extremo Oriente. Outros propõem que nessa época Ele tenha Se ausentado da Terra para visitar outros planetas. Já um terceiro grupo alega que Ele permaneceu na Palestina, vivendo uma vida moral relativamente depravada. Mas, por mais originais que sejam, essas teorias não passam de meras especulações humanas, destituídas de base bíblica e de comprovação histórica. A despeito do silêncio bíblico sobre esses 18 anos da vida de Jesus, existem fortes evidências bíblicas de que Ele continuou residindo em Nazaré até o início do Seu ministério público. Somos informados de que, após a Sua visita a Jerusalém, aos 12 anos de idade, Jesus regressou com José e Maria “para Nazaré; e era-lhes submisso” (Lucas 2:51); que Ele foi criado naquela mesma cidade (Lucas 4:16); que Ele veio “de Nazaré da Galiléia” para ser batizado por João Batista no rio Jordão (Marcos 1:9); e que, após o aprisionamento deste, Jesus “deixando Nazaré, foi morar em Cafarnaum” (Mateus 4:12 e 13). Por haver residido em Nazaré todos esses anos, Jesus era conhecido pelos Seus contemporâneos como “Nazareno” (ver Mateus 2:23; 26:71; Marcos 1:24; 10:47; 16:6; Lucas 4:34; 18:37; 24:19; João 1:45; 18:5, 7; 19:19; Atos 2:22; 3:6; 4:10; 6:14; 22:8; 26:9), e os Seus seguidores, como a “seita dos nazarenos” (Atos 24:5). Próximo ao final do Seu ministério público na Galiléia, Jesus retornou a Nazaré, qualificada nos Evangelhos de “a sua terra” (Mateus 13:54; Marcos 6:1), sendo reconhecido pelos próprios nazarenos como “o carpinteiro” (Marcos 6:3) e o “filho do carpinteiro” (Mateus 13:55). Eles jamais O teriam reconhecido como tal se Ele não houvesse exercido tal profissão naquela cidade antes do início do Seu ministério público. Algumas pessoas alegam que João Batista não conhecia a Cristo até ser este batizado por ele (ver João 1:31 e 33), porque Jesus havia Se mudado de Nazaré para outra localidade. Esse argumento não é válido, em primeiro lugar porque ambos estavam geograficamente distanciados um do outro. Enquanto Jesus permaneceu em Nazaré da Galiléia (Marcos 1:9), João Batista residia na Judéia (Lucas 1:39, 40, 65 e 80). Além disso, a questão envolvida não era tanto o relacionamento pessoal entre eles, mas o fato de João não haver até então identificado quem seria o prometido Messias (comparar com Mateus 11:2 e 3; Lucas 7:18 e 19). Embora Jesus houvesse exercido a profissão de carpinteiro em Nazaré, até os 30 anos de idade, Suas atividades durante esse período não foram registradas nos Evangelhos por não serem tão significativas quanto os eventos relacionados com o próprio ministério de Cristo. Não podemos nos esquecer de que os Evangelhos não são biografias exaustivas de Jesus, e sim “evangelhos” com um conteúdo biográfico restrito ao seu específico propósito salvífico (ver João 20:30 e 31).

4 thoughts on “Onde Jesus esteve dos 12 aos 30 anos de idade? (Sem Supermentiras vendáveis!)

  1. Obrigado Ricardo. Os méritos são do Senhor Espírito e do irmão Alberto R. Timm!

  2. Obrigado Ricardo. Os méritos são do Senhor Espírito e do irmão Alberto R. Timm!

Deixe uma resposta