Prêmio Top Blog 2012 – vote e torne nosso blog acessível a outros leitores!

Nosso site está participando do Top Blog 2012. Se você pensa que nosso blog é útil para a saúde fisica, mental e espiritual de seus leitores, por favor vote e ajude-nos a alcançar mais leitores e candidatos para o reino de Jesus Cristo, o grande JAVÉ e Criador da Matemática! Participe, é só clicar. Desde já obrigado e bons estudos! 

Família amorosa é fundamental para desenvolvimento do cérebro

“Minha família – papai, mamãe e eu, a Evinha!”

Segundo um novo estudo da Universidade Harvard e do Hospital Infantil de Boston, ambos nos EUA, estar em um ambiente familiar propício estimula o crescimento do cérebro e o desenvolvimento de habilidades mentais nas crianças.
Os pesquisadores analisaram imagens de ressonância magnética do cérebro de órfãos romenos de 8 a 11 anos de idade, sendo que alguns deles tinham sido adotados.
Os cientistas afirmam que a maioria dos lares de adoção (casas institucionais de cuidados dos órfãos) tem poucos cuidadores para muitas crianças, e, sendo assim, o atendimento é altamente regulamentado e o investimento do cuidador nas crianças é baixo. Ao comparar as crianças colocadas em cuidados de terceiros com as que cresceram em um ambiente tipicamente doméstico, os pesquisadores descobriram que as primeiras menores níveis de substância branca e cinzenta, dois componentes do sistema nervoso central do cérebro. Eles também descobriram que os órfãos que mais tarde foram adotados, ou seja, passaram a morar com famílias, tinham níveis normais de substância branca, mas menos massa cinzenta. A substância branca retransmite mensagens para o cérebro e desempenha um papel fundamental na nossa capacidade de aprendizagem, permitindo que o cérebro funcione de forma apropriada, enquanto a substância ou massa cinzenta contém células nervosas e governa nossos músculos, sentidos, memória, emoções e fala. Pode ser que o déficit em massa cinzenta nas crianças sob cuidados de terceiros tenha a ver com a ausência de estimulação necessária para o desenvolvimento normal do cérebro no inicio da vida, já que elas conviveram muito tempo com privação, negligência física e psicológica.
Também pode explicar por que as crianças que passam muito tempo sob cuidados não familiares têm, em média, QI mais baixo e menos competências linguísticas, além de estarem em maior risco de problemas de desenvolvimento, tais como déficit de atenção/hiperatividade e problemas de saúde mental. A conclusão é de que crianças expostas à criação institucional (não familiar) passam muito tempo em um ambiente privado sem uma experiência adequada para o desenvolvimento normal do cérebro. Os dois primeiros anos de vida são um período especialmente sensível, que exerce um efeito máximo no desenvolvimento cognitivo da criança. Para crianças em lares institucionais, o ideal é ser adotado o mais rápido possível. E famílias que relegam o cuidado com seus filhos a terceiros, por exemplo, babás em tempo integral ou creches? A pesquisa não é clara nesse ponto, afinal estudou órfãos, mas essa é uma questão que vale reflexão, afinal, o estudo fala da importância de um ambiente familiar, amoroso, ou como os cientistas o chamam, “tipicamente doméstico”, para um desenvolvimento mental ideal.
Fontes: Telegraph e Hypescience.

O que nosso corpo faz enquanto estamos dormindo?

Das 21 às 23:00 É o horário em que o corpo realiza atividades de eliminação, químicos desnecessários e tóxicos (desintoxicação)  mediante o sistema linfático do nosso corpo. Neste horário do dia devemos estar num estado de relaxamento, escutando música, por exemplo. Geralmente a estas horas mamães realizam atividades, tais como, limpar a cozinha, monitorar  que tudo esteja pronto para o dia seguinte, etc., atividades que causam falta de relaxamento o que  gera um efeito negativo para a saúde.

Das 23 – 01:00am o corpo realiza o processo de desintoxicação do fígado, e idealmente deve ser processado num estado de sono profundo. Durante as primeiras horas da manhã 01:00 03:00 processo de desintoxicação da vesícula biliar, idealmente deve suceder também num estado de sono profundo.
De madrugada 03:00 05:00 desintoxicação dos pulmões.  É por isso que por vezes neste horário se produzem fortes acessos de tosse. Quando o processo de desintoxicação atinge o trato respiratório é melhor não tomar medicamentos para a tosse já que interferem no processo de eliminação de toxinas.
Manhã 05:00 07:00 desintoxicação do cólon.  É o horário de ir ao banheiro para esvaziar o intestino.
Durante a Manhã de 07:00 09:00 absorção de nutrientes no intestino delgado.  É o horário perfeito para tomar o café da manhã. Se estiver doente o café da manhã  deve ser tomado mais cedo: antes das 6:30 am. A primeira refeição antes das 7:30 am é benéfica para aqueles que querem manter-se em forma. Os que não têm por hábito alimentar-se logo cedo, devem tentar mudar o hábito, sendo menos prejudicial realizá-lo entre as 9:00 e as 10:00 em vez de ficar a manhã completa sem comer. 
Dormir tarde e despertar tarde interromperá o processo de desintoxicação de químicos desnecessários ao teu organismo. Além disso deves ter em conta que das 00:00 às 4:00 am é o horário em que a medula óssea está produzindo sangue. Então, procura dormir bem e não te deites tarde.
Fonte: Recebi por e-maill.

Estudo sobre o dom de línguas – 2ª parte

1 CORÍNTIOS 14

Em Coríntios, a língua não era “estranha”, mas um dom legítimo que precisava ser orientado. O que é um dom espiritual? – Capacitação natural, dada por Deus aos salvos, para um objetivo útil da Igreja. O que é um talento? – Capacitação natural, recebida por herança ou adquirida por treinamento, podendo ser usado dentro ou fora da Igreja. Os dons SEMPRE são concedidos pelo Espírito com um fim “proveitoso” para a Igreja (1Co 12:7; 1Co 14:12, 19). Portanto, o objetivo principal da concessão do dom é EDIFICAR, INSTRUIR e ORIENTAR a Igreja de Deus (Efésios 4:11-13). No caso do dom de línguas, a condição para que ele seja útil é que possa ser COMPREENDIDO (1Co 14:6-11). Para a evangelização e edificação é necessário que os “sons” sejam compreensíveis. Isso deixa totalmente de fora as “línguas estranhas” que vemos nos movimentos pentecostais e carismáticos da atualidade. Como é dito que, embora o que fala em línguas não seja entendido por ninguém, mas é dito que o que fala em outra língua se edifica a si mesmo, e que só pode haver edificação se houver entendimento, conclui-se que o que fala em línguas, fala uma língua estrangeira, porque os que falam as “línguas estranhas” atuais dizem sempre que não sabem o que estão falando. Já que o que fala se edifica (1Co 14:1-4), e portanto entende o que fala, então ele certamente fala em um idioma estrangeiro. O que ocorre em 1Co 14 é o mesmo dom de Atos 2. O que estava havendo de errado era a desordem com que acontecia o dom, e a irreverência que isto causava ao culto. Por isso Paulo orienta a organização do dom (vv. 26-33, 39-40). Os pentecostais dizem que o dom de línguas é uma “prova” perante a igreja de que determinado irmão foi “batizado” com o Espírito Santo. Neste caso, o dom seria um sinal para os crentes, o que está totalmente em desarmonia com o que Paulo afirma no verso 22. Paulo também estava interessado em desvincular o culto cristão com o culto à deusa Cibele, que era realizado em Corinto, e que era caracterizado por grandes demonstrações de êxtase e transes.
ESTUDO DO TERMO GREGO USADO PARA “LÍNGUAS”
O estudo de uma palavra no seu original bíblico pode nos ajudar a esclarecer algumas dúvidas. A palavra grega utilizada para “línguas” é GLOSSA (de onde vem glossário, glossolalia, etc.). Em inúmeras passagens do Novo Testamento, esta palavra (ou suas variações) SEMPRE está vinculada ao idioma falado pelas pessoas e nações. Vejamos alguns dos versículos onde esta palavra ocorre:
Lucas 1:64; Atos 10:46; 1Ped. 3:10; Atos 2:26; Atos 19:6; Apoc. 13:7; Rom. 14:11; Rom. 3:13; Apoc. 14:6; 16:10; Filip. 2:11; 1Cor. 12:10, 28, 30; 1Jo 3:18; Tiago 3:5-6;1Cor. 13:1; Marcos 7:33, 35; Atos 2:3-4; 1Cor. 14:5-6; 1Cor. 14:9; 1Cor. 13:8; 1Cor. 14:18, 23, 39; Apoc. 5:9; 1Cor. 14:22; Apoc. 10:11; Apoc. 7:9; 11:9; Apoc. 17:15; Lucas 16:24; Atos 2:4, 11;Marcos 16:17; 1Cor. 14:2, 4, 13-14, 19, 26-27; Tiago 1:26; 3:8.
Observe, especialmente, os que estão em destaque. Não restam dúvidas, CONFORME O TEXTO BÍBLICO, de que o dom de línguas é uma manifestação sobrenatural para o crente falar em OUTRO IDIOMA ESTRANGEIRO, diferente do seu, para o qual ele não teve qualquer treinamento, com o ÚNICO objetivo de fazer avançar a pregação do evangelho, levando a Igreja de Deus a ser edificada e reconhecida. Portanto, o dom bíblico não tem NADA parecido com as manifestações emocionais e confusas que são observadas nas Igrejas Pentecostais de nossos dias.
Estude esta pesquisa desde seu início: Estudo sobre o dom de línguas – 1ª parte.

Estudo sobre o dom de línguas – 1ª parte

Uma análise mais aprofundada sobre a “evidência” do batismo com o Espírito Santo deixa claro que não há UM SINAL específico, único, que simbolize tal batismo.

O grande e verdadeiro SINAL é a vida transformada (cf. Gál. 5:22-23).
Relatos de recebimento do Espírito Santo, sem a menção de que falaram em línguas Há 9 passagens no livro de Atos que tratam sobre pessoas “cheias” do Espírito Santo, mas nenhuma delas fala do dom de línguas:
4:8 – Pedro perante o Sinédrio
4:31 – Igreja em oração pela libertação de Pedro
6:3 – Escolha dos diáconos 
6:5 – Descrição de Estêvão
7:55 – Estêvão perante os líderes judaicos
9:17 – Imposição de mãos sobre Paulo
11:24- Descrição de Barnabé
13.9 – Paulo perante Elimas
13:52- Relato sobre os discípulos
O sinal do batismo no Espírito Santo No Novo Testamento, a evidência do recebimento do Espírito não reside no fenômeno extático exterior, passível de enganosa imitação, mas na conversão do homem a Jesus Cristo, com seus respectivos frutos (Gálatas 5:22-26). Quando ocorreu o dom de línguas no NT ele era como um sinal dentre outros. Este dom não veio como conseqüência de uma busca determinada, mas como surpresa (Atos 10:45). O dom não era esperado, exigido nem procurado, como fazem os pentecostais hoje.
Nosso máximo exemplo – Jesus – em nenhum momento do Seu ministério falou em “línguas estranhas” para provar que era cheio do Espírito.
O verdadeiro “sinal” da plenitude do Espírito na vida do crente é:
Atos 2:42-47; 4:32-37 – Desprendimento, amor, comunhão, zelo pela obra do Senhor.
Romanos 5:5-6 – Amor a Deus e a Seus filhos
1João 5:2-3 – Obediência
O DOM DE LÍNGUAS E SUA NATUREZA

ATOS 2
O Espírito Santo foi derramado no Pentecoste, e não antes, porque o ministério do Espírito não havia ainda sido iniciado (João 7:39; Atos 2:33). O ministério do Espírito só iniciou após a glorificação de Jesus como Vencedor sobre a morte. Pedro estava naquela ocasião em um momento especial para a disseminação do Evangelho. Estavam em Jerusalém milhares de judeus vindos de diversas partes do mundo (v. 5), e aquela seria a ocasião propicia para falar de Jesus para eles. Mas como isso ocorreria, uma vez que eles falavam diferentes idiomas (vv. 6-11)? Deus, então, dotou o apóstolo da capacidade sobrenatural de pregar o evangelho de uma maneira que todos os diferentes grupos linguísticos compreendessem e pudessem aceitar a mensagem. E foi o que aconteceu. Pedro pregou e cada pessoa ali presente o ouviu falar em sua própria língua, ou seja, o dom concedido em Atos 2 não foi uma “língua estranha” ou “língua dos anjos”, incompreensível. Mas foi, sim, a capacidade de falar no idioma da pessoa que estava necessitando da mensagem de salvação. E qual foi o resultado? Veja no verso 41.

ATOS 10
Deus já havia concedido a Pedro uma revelação sobre o preconceito religioso que ainda estava presente no coração dos judeus, inclusive dele próprio (Atos 10:9-16, 28). Após receber a visita de pessoas enviadas por Cornélio, Pedro vai ter com ele, porém leva “alguns irmãos”, para servirem de testemunha da conversão do militar gentio (v. 23). Ao chegarem lá, Pedro compreende o significado da visão sobre o lençol, pois ele percebeu que a mensagem do evangelho deveria alcançar todas as pessoas, de todas as nações, independentemente de raças (vv. 28 e 34). Após Pedro pregar sobre Jesus e confirmar a conversão do centurião, o Espírito desce sobre os que ouviam o apóstolo, deixando os discípulos judeus “admirados” (v. 44-45), pois viam Cornélio e outros falando em línguas, “engrandecendo a Deus” (v. 46). Imediatamente eles reconheceram que ali estavam pessoas féis a Deus, e concluíram a festa com o batismo de Cornélio nas águas. O dom de línguas aqui serviu para quebrar o preconceito que os judeus tinham sobre a aceitação de gentios no Reino de Deus. Tanto é assim, que a Igreja da Judéia ficou querendo mais informações sobre o ocorrido (Atos 11:1-18), e Pedro teve a oportunidade de testemunhar do que ele havia visto com seus próprios olhos. Como militar romano, Cornélio também poderia usar o dom de falar em outros idiomas para difundir a mensagem do evangelho em suas viagens pelo Império.

ATOS 19
Paulo faz um breve questionamento aos discípulos que encontrou em Éfeso, e percebe que eles receberam um batismo “pobre”, pois não possuíam nenhum conhecimento sobre o Espírito Santo (Atos 19:1-3). Paulo os orienta, acrescentando o ensino verdadeiro sobre a salvação em Jesus Cristo, e eles recebem o batismo no Espírito Santo, com a manifestação do dom de falar em línguas (v. 6). Assim como no caso de Cornélio, o dom serviu para ajudar aqueles discípulos a pregarem o Evangelho naquela cidade, conhecida pela importância do seu porto, e pela grande passagem de pessoas de todas as regiões, e de outras nações também.

“Foram então batizados em nome de Jesus; e impondo-lhes Paulo as mãos, receberam também o batismo no Espírito Santo que os capacitou a falar as línguas de outras nações, e a profetizarem”. – Atos dos Apóstolos, p. 283.
Fonte: Gilson Medeiros.

A segunda parte deste estudo aqui!

Pesquisa: Vídeo games e pornografia levarão homem à extinção!

Professor diz que games e pornô na web levarão homem à extinção Philip Zimbardo diz que estes vícios deixam os homens incapazes. Em livro, ele diz homens crescem atualmente sem serem ‘animais sociais’. [A Bíblia não nos classifica como animais. Gênesis 1 deixa claro que Deus criou os animais no 5° e 6° dias, e Adão e Eva somente após a criação dos animais. Além disso, só o ser humano foi criado a imagem e semelhança do Criador, Gn 1:26].

Um professor de psicologia da universidade de Standford, nos Estados Unidos, tem uma teoria de que os jogos de videogame e os filmes pornô na internet irão levar o homem a ser extinto do planeta Terra. Uma reportagem do jornal “Daily Mail”, a teoria de Philip Zimbardo, diz que estes dois meios de entretenimento está criando uma “geração de homens desajustados”. Ele explica que os homens atuais estão criando muitos vícios que os deixa “incapazes de realizar funções normais ou de terem relações saudáveis no mundo real”. No entendimento do professor, os homens estão gastando muito tempo isolados no mundo digital e, para ele, pessoas sozinhas tendem a morrer mais cedo. Zimbardo publicou um livro chamado “The Demise of Guys: Why Boys are Struggling and What We Can Do About It” (A Morte dos Homens: por que os jovens estão lutando e o que podemos fazer sobre isso, em tradução) em que afirma que os homens estão crescendo sem a necessidade básica de serem animais sociais.
“Os homens estão gastando uma grande parte do seu tempo diário no mundo digital, jogando videogames e assistindo a filmes pornô, no YouTube, enviando mensagens, assistindo a partidas de futebol, sozinhos na maioria do tempo”, diz o professor no livro. Além de sugerir que pessoas que passam longos períodos de isolamento morrem mais cedo do que aqueles que têm maior convívio social, Zimbardo acredita que quem passa muito tempo na internet perde a habilidade de contato com pessoas na vida real. Sua teoria ainda aponta que homens que jogam videogames e assistem a filmes pornô estão sendo “formatados” e que é muito difícil trazê-los de volta. Este processo tirou o homem de sincronia na escola, no ambiente de trabalho e em relacionamentos românticos. “O uso excessivo de videogames e de pornografia na internet na busca por algo a mais está criando uma geração de homens que não gostam de correr riscos, que não conseguem passar pelas dificuldades inerentes dos relacionamentos reais da vida, do trabalho e da escola”.
Fonte: G1.

Olimpíadas de Londres 2012 versus Sábado de descanso eterno!

San José, Costa Rica…[ASN] “Absolutamente, isto é algo no qual não faço concessões”, foi a resposta dada à imprensa de seu país ao ser questionada se estava arrependida de sua decisão. Tracy Joseph, atleta costa-riquenha, preferiu guardar o sábado, como o dia de repouso, a participar nos Jogos Olímpicos de Londres, na prova dos 200 metros, representando seu país, a Costa Rica. Ela tomou conhecimento do inesperado adiamento na data e hora da prova, levando-a a renunciar ao que seria a última oportunidade de buscar seu ingresso na pista do estádio dos Jogos Olímpicos em Londres. A prova da Tracy estava prevista para o domingo de manhã, mas inesperadamente a competição foi adiada para o sábado. Diante dessa decisão, seu treinador, Emanuel Chanto comentou: “Uma determinação dessa natureza não deixa de ser frustrante porque se trabalha para isso. Porém, o fato de ela não competir nos sábados é algo que já havíamos conversado. Trata-se de assunto íntimo no qual não posso intervir.”

Tracy deveria baixar em 48 centésimos, seu melhor tempo de 23 segundos e 78 centésimos, para atingir a marca mínima exigida de 23 segundos e 30 centésimos. Inicialmente, ela buscaria essa marca no Grand Prix Sul-Americano, por ocasião da celebração dos dias 30 de junho e 1 de julho, em Bogotá, Colômbia. “A informação da mudança da data e do horário foi dada no domingo de manhã, quando eu estava em Cali, Colômbia. É óbvio que essa mudança me desiludiu, visto que queria alcançar a marca exigida. Não obstante, essa não é a primeira vez que não participo de uma competição no sábado e, a despeito disso, Deus me abençoou fazendo-me chegar até aqui. Estou certa de que Ele me preparou para coisas melhores”, comentou a jovem de 24 anos. Devido à sua renúncia, vários meios de comunicação deram cobertura à notícia que rodou o mundo, através da Internet, ressaltando o sábado como o dia de repouso guardado pelos adventistas do sétimo dia. Sem dúvida, um testemunho que fortalecerá a espiritualidade de muitos. [Equipo ASN, Cárolyn Azo]

Fonte: ASN.
Nota: “Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis” (1 Coríntios 9:24).

União (católico-) Européia!

Os presidentes da Comissão e do Conselho Europeus reuniram-se hoje [12 de julho] em Bruxelas com 24 representantes cristãos, judaicos e muçulmanos, bem como das comunidades Hindu e Baha’i, numa iniciativa anual marcada pela preocupação com a liberdade religiosa. Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia, reiterou que a União Europeia condena “todos os atos de violência contra minorias religiosas, seja na Europa, África ou na Ásia, onde quer que aconteçam”. “A liberdade religiosa deve ser respeitada em todo o lado e preocupa-nos bastante ver algumas minorias, cristãs ou outras, serem alvo de ódio por outras partes da sociedade, tal como aconteceu no passado, em muitos outros países, contra minorias muçulmanas ou judaicas”, acrescentou o político português. O líder do executivo comunitário sublinhou ainda que a União Europeia defende “o direito a qualquer pessoa ter uma religião, bem como o direito a não professar qualquer religião”. 
O tema escolhido para o encontro, que se repete desde 2005, foi a solidariedade entre gerações, com os bispos católicos a alertar para as crises “econômica e demográfica”. D. André-Joseph Leonard, arcebispo de Bruxelas, pediu maior aposta nas famílias, que considerou como a única “forma sustentável” para sair da atual crise.
O vice-presidente da Comissão dos Episcopados Católicos da União Europeia (Comece), D. Gianni Ambrosio, realçou, por seu lado, a “importância fundamental” do domingo como dia de “descanso comum”. […]
Fonte: Ecclesia
Nota do blog Diário da Profecia: Veja ainda “Solidariedade entre gerações requer o apoio da União Europeia”, de onde se destaca: “Neste contexto, Dom Gianni Ambrosio, da Itália, vice-presidente da Comece, sublinhou a necessidade para a Europa e seus Estados membros, de proteger o domingo como dia de repouso semanal comum na Europa. ‘O descanso dominical comum é de fundamental importância, especialmente para a família, a vida espiritual de seus membros e relacionamentos pessoais, tanto no seio da família como com parentes e amigos.’ Ele lembrou que as igrejas fizeram causa comum com grandes sindicatos e a sociedade civil para proteger o domingo sem trabalho no nível da legislação da UE e Estados-membros.”

Carrapato auxilia na “transformação” do caráter – de carnívoros cruéis a vegetarianos sob pressão!

Alguns animais parecem ter finalmente encontrado uma forma de evitar serem comidos, ou talvez a PETA está fazendo incursões na manipulação genética. Um carrapato, cuja mordida é espalhar uma alergia à carne pela costa leste dos EUA, é a arma secreta.
Basta uma mordida do carrapato estrela solitária para que se possa transformar carnívoros ao longo da vida em vegetarianos. Uma pessoa que come carne vai manifestar uma reação entre três e seis horas mais tarde, que pode chegar até ao choque anafilático. Quando isso acontece, naturalmente, uma pessoa faz qualquer coisa para evitar essa reação como, por exemplo, parar de comer carne!
Dr. Scott Cormins, University of Virginia, diz que já viu mais de 400 casos recentes de alergia a carne e que a maioria é devido a uma história de picada de carrapatos.
Para alguns, descobrir a fonte de sua alergia é um alívio. Para outros, saber que não podem mais comer carne é um pesadelo!
Fonte: ABC e Pijama Surf. Tradução por Hendrickson Rogers.

Ondas cerebrais de animais declaram aos cientistas: “não há como dizer que só seres humanos têm consciência”!

Pesquisadores publicaram manifesto mostrando que, com base na análise de ondas cerebrais, não há como dizer que só seres humanos têm consciência
Um grupo de 13 neurocientistas, incluindo o canadense Philip Low, criador do iBrain, dispositivo que vai ajudar o físico Stephen Hawking a se comunicar usando a mente, assinou uma declaração neste sábado em Cambridge, na Inglaterra, afirmando que alguns animais, como pássaros, macacos, elefantes, golfinhos, polvos, cães e gatos, possuem consciência, assim como os seres humanos. É a primeira vez que um grupo de especialistas da área se reúne para emitir um comunicado formal admitindo que os seres humanos não são os únicos a gozarem de consciência, segundo apontou Low, que também é professor do MIT (Massachusetts Institute of Technology, nos EUA).

O anúncio foi feito durante a Francis Crick Memorial Conference, na Universidade Cambridge, na Inglaterra. Treze especialistas se reuniram para apresentar os últimos resultados científicos em pesquisas que tentam reinterpretar a consciência. Os cientistas pretendem mostrar que ao analisar o sinal cerebral de humanos e outros animais, é possível encontrar semelhanças básicas. “A neurociência está evoluindo rapidamente por causa do avanço tecnológico e por isso precisamos tirar novas conclusões”, disse Low. “As evidências mostram que os seres humanos não são os únicos a apresentarem estados mentais, sentimentos, ações intencionais e inteligência”, afirmou. “Está na hora de tirarmos novas conclusões usando os novos dados a que a ciência tem acesso.”

Fonte: Veja.