Evidência de informação genética difusa presente “desde o início”, em vez de evoluída!

Dad Ben e Angela tiveram uma surpresa no nascimento de seu terceiro filho. Ambos negros, Nmachi nasceu loira de olhos azuis, segundo noticiou o jornal The Sun.
Para explicar tal acontecimento, médicos do Queen Mary’s Hospital, perto de Londres, onde a menina nasceu levantaram algumas hipóteses com ela não ser filha dos dois, ser albina ou eles terem ancestrais brancos.
Porém, todas estas alternativas foram checadas e negadas. Especialistas acreditam que uma mutação genética provocou a alteração na cor da pele e dos cabelos da criança. São conhecidos 12 genes que influenciam na cor de uma pessoa, controlando a quantidade de melanina na pele.
Os pais afirmam não ter conhecimento de antepassados brancos. Eles são nigerianos que se mudaram para a Inglaterra há cinco anos. Para que a criança nasça branca de olhos azuis e cabelos loiros, os dois teriam de ter genes recessivos para pigmentação clara (que não são perceptíveis na aparência deles, mas que estariam em seu código genético e poderiam ser repassados para os filhos).
O professor Bryan Sykes, líder do departamento de genética humana na Universidade de Oxford, disse ao jornal que este nascimento era extraordinário. “As regras da genética são complexas e nós ainda não entendemos o que acontece em muitos casos”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: