Seleção natural não pode ser a causa de um processo evolutivo por duas razões: incapacidade de criar e limitação em selecionar

pelo físico Adauto Lourenço

Muitas pessoas (incluindo cientistas) acreditam que num tempo muito longo (bilhões de anos) qualquer coisa poderia acontecer. Não é verdade! Tempo não é um processo natural! Processos naturais ocorrem no tempo! Assim, a pergunta correta é:
Quais processos naturais, que tendo ocorrido ao longo do tempo, teriam produzido a organização e as variações que observamos ao nosso redor?
Por exemplo, quais processos naturais teriam produzido a suposta evolução dos organismos? Desde os primeiros até os atuais?
Não poderia ser evolução, pois ela não é um processo natural. Evolução é o nome de uma teoria e não um processo que ocorre na natureza.
Para que algo possa evoluir, tem que ter um processo por meio do qual a evolução possa acontecer.
Seleção natural não pode ser a causa de um processo evolutivo por duas razões: (1) incapacidade de criar e (2) limitação em selecionar.
(1) Incapacidade de criar: A seleção natural não cria a variedade, ela somente seleciona dentre a variedade. Sem variação não há evolução!
Seleção natural não dá forma ao bico de um pássaro. Ela seleciona dentre a variedade de bicos gerada pela informação genética já existente.
(2) Limitação em selecionar: A seleção natural é limitada pelo número de opções disponíveis e pela incapacidade de prever o futuro.
O que foi escolhido por ser uma vantagem seletiva hoje (formato do bico), poderá ser uma desvantagem seletiva amanhã (mudança ambiental).
Portanto, a seleção natural não poderia ser a verdadeira causa de um processo que fosse considerado evolutivo, por não produzir a variação.
Obviamente, sem variação não pode haver evolução!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: