Crendices e superstições cristãs. A existência de uma parte folclórica na teologia popular em todas as denominações cristãs (Parte II)

“O remanescente ou ‘os restantes’
de Apocalipse 12:17 são uma denominação cristã específica dentre todas, uma
Igreja com placa”
Este mito é bem
menos frequente que o anterior. Poucas são as denominações cristãs que pretendem
cumprir Ap 12:17: “Irou-se o dragão contra a mulher e foi pelejar com os restantes da sua descendência, os que guardam os mandamentos de Deus e têm
o testemunho de Jesus
; e se pôs em pé sobre a areia do mar”. Eu conheço
apenas uma igreja que se intitula Igreja Remanescente. Colocar este título
sobre um rebanho denominacional não está em harmonia com os ensinamentos de
Jesus! “Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco; a mim me convém
conduzi-las; elas ouvirão a minha voz; então, haverá um rebanho e um pastor”
(Jo 10:16). João e o Senhor Jesus, bem como toda a Bíblia, afirmam que as
verdadeiras ovelhas do rebanho de Jesus estão espalhadas, não estão num único
“aprisco”. Quando João escreveu “os restantes”, a ideia é clara – a
descendência da mulher de Ap 12 (a qual representa a igreja de Deus, os fiéis
de todos os tempos desde Adão e Eva até a primeira vinda de Jesus, Ap 12:5, e
de Seu nascimento até Seu casamento com a própria Igreja! Ap 19:7-9) é uma
descendência dispersada pelo próprio dragão (Satanás) em sua perseguição aos
fiéis! Como, pois, uma igreja dentre todas possuiria a totalidade dos fiéis em
suas cadeiras? Todos os membros dessa denominação cristã estariam salvos?! Em
nenhum momento da história da igreja, segundo as Escrituras Sagradas, Deus
reuniu o grupo dos redimidos numa mesma região geográfica, num mesmo povo ou
congregação! O povo de Israel deveria ter sido “reino de sacerdotes” (Êx 19:5),
ou seja, garçons da salvação, do evangelho, e não uma coleção de salvos.
Infelizmente, em grande parte de sua história, aquele povo privilegiado não foi
nem uma coisa nem outra. Também não temos como demonstrar biblicamente se todos
os que entraram na arca de Noé entrarão também na Cidade Santa, nem se todos os
que perderam suas vidas no dilúvio irão perdê-las no lago de fogo! Lembre-se
que nem mesmo os 12 discípulos originais, reunidos pelo próprio Cristo, foram
todos salvos…
Por
outro lado, alguns adventistas do sétimo dia alegam que a expressão igreja
remanescente é uma referência a continuidade do “evangelho eterno” (Ap 14:6)
presente no conjunto de crenças de sua denominação, isto é, a pureza do
evangelho bíblico, e não um exclusivismo com relação a salvação.
Ainda
assim, a Bíblia não apresenta somente um grupo local que conseguiria praticar (conservar)
o evangelho em sua pureza bíblica. Quero dizer, uma coisa é uma denominação
cristã professar em seu credo toda a Bíblia, os Dez Mandamentos, o Santuário
Celestial e o Julgamento divino pré-advento, etc. Outra bem diferente é possuir
entre seus membros 100% de fidelidade a Deus e Sua Palavra, o que é
precisamente o significado de “os restantes” de Apocalipse 12:17! Reconheça,
caro leitor, que pertencer à uma comunidade cristã não é o mesmo, na prática,
necessariamente, que agir de acordo com todos os regimentos daquela comunidade
ou mesmo conhece-los. Só este simples raciocínio já inviabiliza o título Igreja
Remanescente para toda e qualquer congregação cristã! No entanto, a Bíblia
apresenta sim “os restantes”, o que sobrou da igreja verdadeira (uma ideologia
quando se aplica tal conceito a uma denominação específica), dos filhos de Deus
no mais profundo significado dessa frase – semelhança de caráter com o Eterno!
Onde está esse grupo de pecadores redimidos por Jesus e santificados pelo
Senhor Espírito? Acompanhe a sequência de textos bíblicos que resume a história
da redenção no universo, responde a pergunta e explica como qualquer pecador de
qualquer família, religião, nação, cultura e mentalidade pode fazer parte do
reino de Deus aqui na Terra e no Céu quando Jesus regressar!

“Antes da criação do mundo, Deus já nos havia
escolhido para sermos dele por meio da nossa união com Cristo, a fim de
pertencermos somente a Deus e nos apresentarmos diante dele sem culpa. Por
causa do seu amor por nós, Deus já havia resolvido que nos tornaria seus
filhos, por meio de Jesus Cristo, pois este era o seu prazer e a sua vontade”
(Ef 2:4,5, NTLH). “Deus fez o homem reto, mas ele se meteu em muitas astúcias”
(Ec 7:29). “Porei [JAVÉ falando com Satanás] inimizade entre ti e a mulher,
entre a tua descendência e o seu descendente [Jesus, o Cristo ou Messias ou
Ungido, a Palavra]. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gn
3:15). “E JAVÉ Deus fez roupas de peles de animais para Adão e a sua mulher se
vestirem” (Gn 3:21, NTLH). “Nós nos alegraremos e cantaremos um hino de louvor
por causa daquilo que JAVÉ, nosso Deus, fez. Ele nos vestiu com a roupa da
salvação e com a capa da vitória. Somos como um noivo que põe um turbante de
festa na cabeça, como uma noiva enfeitada com joias” (Is 61:10, NTLH). “Porque
pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus;
não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feitura dele, criados em
Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que
andássemos nelas” (Ef 2:8-10). “Quando um homem oferecer um animal em
sacrifício a Deus, JAVÉ, ele poderá escolhê-lo do seu gado ou do seu rebanho de
ovelhas e cabras. Se ele oferecer um animal do seu gado para ser completamente
queimado no altar, então deverá ser um touro sem defeito. Para que JAVÉ o
aceite, o homem levará o touro até a entrada da Tenda Sagrada. Ali ele porá a
mão na cabeça do animal a fim de que seja aceito como sacrifício para conseguir
o perdão dos seus pecados. O homem matará o touro ali na frente da Tenda
Sagrada, e os sacerdotes, que são descendentes de Arão, oferecerão a JAVÉ o
sangue do animal e depois borrifarão com ele os quatro lados do altar que está
na frente da Tenda” (Lv 1:2-5, NTLH). “Se procederes bem [JAVÉ falando com
Caim], não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o
pecado jaz à porta; o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo” (Gn
4:7). “Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras [no sangue do
Cordeiro], para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade
pelas portas” (Ap 22:14). “Ora, não levou Deus em conta os tempos da
ignorância; agora, porém, notifica aos homens que todos, em toda parte, se
arrependam; porquanto estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com
justiça, por meio de um varão que destinou e acreditou diante de todos,
ressuscitando-o dentre os mortos” (At 17:30,31). “Portanto, comete pecado a
pessoa que sabe fazer o bem e não faz” (Tg 4:17, NTLH). “Pois ele [Deus] trata
a todos com igualdade. Todos aqueles que pecam sem conhecer a lei de Deus se
perderão sem essa lei; mas todos aqueles que pecam conhecendo a lei serão
julgados por ela. Porque as pessoas que Deus aceita não são aquelas que somente
ouvem a lei, mas aquelas que fazem o que a lei manda. Os não-judeus não têm a
lei. Mas, quando fazem pela sua própria vontade o que a lei manda, eles são a
sua própria lei, embora não tenham a lei. Eles mostram, pela sua maneira de
agir, que têm a lei escrita no seu coração. A própria consciência deles mostra
que isso é verdade, e os seus pensamentos, que às vezes os acusam e às vezes os
defendem, também mostram isso. E, de acordo com o evangelho que eu anuncio,
assim será naquele dia em que Deus, por meio de Cristo Jesus, julgará os
pensamentos secretos de todas as pessoas” (Rm 2:11-16, NTLH). “Certo dia JAVÉ
Deus disse a Abrão: — Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa do
seu pai e vá para uma terra que eu lhe mostrarei” (Gn 12:1, NTLH); “de ti farei
uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!
Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti
serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12:2,3). “Ouvi, ó céus, e dá
ouvidos, ó terra, porque JAVÉ é quem fala: Criei filhos e os engrandeci, mas
eles estão revoltados contra mim. O boi conhece o seu possuidor, e o jumento, o
dono da sua manjedoura; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não
entende. Ai desta nação pecaminosa, povo carregado de iniquidade, raça de
malignos, filhos corruptores; abandonaram JAVÉ, blasfemaram do Santo de Israel,
voltaram para trás” (Is 1:2-4). “E Jesus terminou: — Eu afirmo a vocês que o
Reino de Deus será tirado de vocês e será dado para as pessoas que produzem os
frutos do Reino” (Mt 21:43, NTLH). “João viu Jesus vindo na direção dele e
disse: — Aí está o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (Jo 1:29,NTLH).
“Aquele que é a Palavra veio para o seu próprio país, mas o seu povo não o
recebeu. Porém alguns creram nele e o receberam, e a estes ele deu o direito de
se tornarem filhos de Deus. Eles não se tornaram filhos de Deus pelos meios
naturais, isto é, não nasceram como nascem os filhos de um pai humano; o
próprio Deus é quem foi o Pai deles. A Palavra se tornou um ser humano e morou
entre nós, cheia de amor e de verdade. E nós vimos a revelação da sua natureza
divina, natureza que ele recebeu como Filho único do Pai” (Jo 1;11-14, NTLH). “Ele
quer que todos sejam salvos e venham a conhecer a verdade. Pois existe um só
Deus e uma só pessoa que une Deus com os seres humanos — o ser humano Cristo
Jesus, que deu a sua vida para que todos fiquem livres dos seus pecados. Esta
foi a prova, dada no tempo certo, de que Deus quer que todos sejam salvos” (I
Tm 2:4-6, NTLH). “Um dos malfeitores crucificados blasfemava contra ele,
dizendo: Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós também. Respondendo-lhe,
porém, o outro, repreendeu-o, dizendo: Nem ao menos temes a Deus, estando sob
igual sentença? Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o castigo que os
nossos atos merecem; mas este nenhum mal fez. E acrescentou: Jesus, lembra-te
de mim quando vieres no teu reino” (Lc 21:39-42). “E ele lhe disse: ‘Deveras,
eu te digo hoje: Estarás comigo no Paraíso’” (Lc 21:43, Novo Mundo). “Tendo
Jesus entrado em Cafarnaum, apresentou-se-lhe um centurião, implorando: Senhor,
o meu criado jaz em casa, de cama, paralítico, sofrendo horrivelmente. Jesus
lhe disse: Eu irei curá-lo. Mas o centurião respondeu: Senhor, não sou digno de
que entres em minha casa; mas apenas manda com uma palavra, e o meu rapaz será
curado. Pois também eu sou homem sujeito à autoridade, tenho soldados às minhas
ordens e digo a este: vai, e ele vai; e a outro: vem, e ele vem; e ao meu
servo: faze isto, e ele o faz. Ouvindo isto, admirou-se Jesus e disse aos que o
seguiam: Em verdade vos afirmo que nem mesmo em Israel achei fé como esta.
Digo-vos que muitos virão do Oriente e do Ocidente e tomarão lugares à mesa com
Abraão, Isaque e Jacó no reino dos céus. Ao passo que os filhos do reino serão
lançados para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes. Então,
disse Jesus ao centurião: Vai-te, e seja feito conforme a tua fé. E, naquela
mesma hora, o servo foi curado” (Mt 8:5-13). “João disse: — Mestre, vimos um
homem que expulsa demônios pelo poder do nome do senhor, mas nós o proibimos de
fazer isso porque ele não é do nosso grupo. Então Jesus disse a João e aos
outros discípulos: — Não o proíbam, pois quem não é contra vocês é a favor de
vocês” (Lc 9:49,50, NTLH). “Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a
autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de
todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou
convosco todos os dias até à consumação do século” (Mt 28:18-20). Hendrickson Rogers
A primeira parte do assunto AQUI. A pesquisa continua. Aguarde e estude!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: