Para os queridos filhos de Jesus – agnósticos, ateus, espíritas, muçulmanos, orientais e cristãos de faixada! Com amor.

Quando as pessoas constroem argumentos contra a mensagem cristã, normalmente elas dizem que os discípulos fabricaram Jesus de Nazaré ou alteraram de modo radical os Seus ensinamentos para que estes estivessem de acordo com os seus desejos, e também de modo a que eles pudessem lucrar com a inocência das pessoas. Eles (os críticos) podem alegar que os apóstolos, ou algumas autoridades, tinham como propósito usar a Bíblia como forma de controlar as massas. Mas, quando este argumento é analisado de forma crítica, essa forma de pensar não funciona visto que existem pelo menos 5 frases do Senhor Jesus que os discípulos nunca poderiam ter inventado. Eles nunca as poderiam ter inventado porque elas são difíceis de aceitar, e se os discípulos estivessem a inventar uma nova religião, eles fariam o possível para as deixar de fora!

1. “Eu, porém, vos digo, que, qualquer que atentar numa mulher, para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.” (Mateus 5:28)
Se os discípulos estivessem a inventar uma religião que estivesse de acordo com os seus desejos – como forma de obter tudo o que quisessem das pessoas ou controlá-las – eles nunca teriam incluído um mandamento como este! Este tipo de condenação é precisamente o tipo de coisa que tem o potencial de afastar as pessoas. Se por acaso estás a inventar uma religião, tu dirás que eles podem dormir com quem quiserem: tenham muitas esposas e durmam com quem quiserem! Mas, o Senhor Jesus disse que qualquer pessoa que olhar com luxúria no seu coração, ele ou ela já pecou perante Deus. Isto é uma ideia que está de acordo com o Judaísmo. Os judeus acreditavam que a atração física era uma forma de adultério. O Senhor Jesus Cristo acrescentou que a luxúria era também uma forma de adultério. Se Ele ou os discípulos estivessem a inventar uma história, Ele ou os discípulos não teriam necessidade de proferir estas palavras. Fica a pergunta: que tipo de homem inventaria um mandamento como este? É muito mais provável que os discípulos estivessem apenas a repassar de modo fiel as palavras do Senhor Jesus, que reflete o padrão moral perfeito de Deus.
2. “Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre.” (João 6:51)
O Senhor Jesus disse isto a muitos judeus, incluindo os seus doze discípulos. A maioria das pessoas que O ouviu, abandonaram-NO uma vez que estes ditados eram difíceis de aceitar. Isto leva-nos a perguntar por quê os discípulos incluíram ditados do Senhor que causaram a que muitos deixassem de O seguir! Isto é embaraçoso para a mensagem cristã. O Messias foi abandonado pelas massas devido à Sua mensagem, mas os discípulos incluíram-na nos seus escritos porque, mais uma vez, eles estavam a registrar de modo fiel as palavras o Senhor. Se por acaso eles estivessem a inventar uma história, eles poderiam muito bem ter alterado as palavras do Senhor – ou colocar palavras na Sua boca – como forma de evitar que as pessoas O abandonassem. Quando as pessoas ouviram “comer a Minha carne”, e abandonaram-NO, os discípulos poderiam muito bem ter alterado o que Ele disse. Mas eles não o fizeram porque eles estavam a reportar o que Ele havia realmente dito!
3. “Quem ama o pai ou a mãe, mais do que a Mim, não é digno de Mim; e quem ama o filho ou a filha, mais do que a Mim, não é digno de Mim.” (Mateus 10:37)
O Senhor Jesus disse aos discípulos que segui-Lo não era só uma atividade religiosa. Não era para eles darem prioridade intelectual a Cristo, e nem era suposto eles apenas só seguirem algumas regras. Seguir a Cristo não era a cereja no topo do bolo das suas vidas, mas sim a usurpação total das suas vidas! O Senhor Jesus disse que Ele tem que ser absolutamente tudo para eles! Nós temos que O amar mais do que qualquer outra pessoa e coisa – pai, mãe, filho, filha, irmão, irmã, posses. Nós temos que O amar mais do que a nossa própria vida. Se por acaso estás a criar uma nova religião que tem que ser atraente para as pessoas, por acaso inventarias tal ditado?! Será que dirias que o Senhor Jesus tem que ser a prioridade na tua vida, acima de tudo que tu estimas? As pessoas não se sentiriam atraídas por tal mensagem, mas os discípulos reportaram-na fielmente porque o Senhor Jesus realmente assim falou.
4. “Invalidando assim a palavra de Deus, pela vossa tradição, que vós ordenastes.” (Marcos 7:13)
Para entender o porquê deste ser um ditado difícil de aceitar é preciso entender o quão preciosa a tradição é para o judaísmo, bem como para o catolicismo e demais religiões. Em Jerusalém, eles viviam no centro da vida religiosa dos seus ancestrais. Salomão havia construído o templo na cidade considerada a Casa do Deus vivo. O judaísmo era absolutamente tudo, e os fariseus diziam como se viver a vida judaica. Mas, o Senhor Jesus chegou e disse que eles estavam fazendo errado, e que as suas práticas judaicas contradiziam as Escrituras que haviam sido passadas de geração em geração, provenientes dos antigos profetas. Ele disse também que as suas tradições anulavam a Palavra de Deus, o que para eles era um insulto! Se os discípulos tivessem inventado a mensagem do Senhor Jesus Cristo, eles nunca haveriam de incluir tal ensino. É bem mais provável que eles tenham escrito isso no Novo Testamento porque o Senhor Jesus realmente disse essas palavras.
5. “E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.” (Mateus 25:46)
Dentro da teologia judaica, o conceito da vida eterna era vago, o tormento eterno era uma ideia totalmente estranha para a mente dos fariseus. Eles pensavam que a vida terminava no caixão e que esse era o castigo para os perversos. Mas os judeus seriam ressuscitados para viver com Deus em Sião. Os gentios morreriam e nunca mais seriam ressuscitados. Esta era a visão judaica naquela época. Mas o Senhor Jesus ensinou que aqueles que não O seguissem, acabariam no tormento eterno. Este ensinamento não iria atrair os judeus – e de fato, isto contradizia muitas crenças provenientes das suas tradições. Apesar disso, os discípulos pregaram exatamente esta mensagem aos Judeus. E por quê? Porque eles estavam a repassar de modo fiel as palavras de Cristo e as doutrinas que Ele havia deixado para eles. (Modificado a partir do original.)

Nota: Você conhece uma religião que vá na contramão da cultura da nação na qual ela está inserida? Me responda: que partido político, que filosofia agnóstica, ateísta, humanista, espiritualista, que loja de sapatos, que supermercado, que Escola, enfim, qual agência atraidora de clientes e seguidores propagandeia o que o Senhor Jesus falou, viveu e prometeu? Não pedaços, mas toda a filosofia cristã bíblica? Diante disso, convido-lhe, querido(a) leitor(a) a usar seu raciocínio, não apenas a fé, para enxergar o seu Criador e Redentor, na Pessoa divino-humana de Jesus, lhe convidando a viver como filho/filha dEle, juntinho do Pai até o breve retorno do Rei! Afinal, o máximo de tempo que um ser humano esperará a segunda vinda de Cristo é o tempo de sua própria vida, vindo depois a ressurreição! Por favor, converse com Deus em oração agora mesmo. Teu Pai te chama! (Hendrickson Rogers)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: