Feliz Natal com Jesus, para Jesus e por Jesus!

Neste clima tão
gostoso de natal e fim de ano, gostaria de semear mais uma boa ideia em sua
mente, se você permitir.
O teólogo William Barclay (1907-1978) conta a parábola de três
aprendizes do diabo selecionados para ser enviados à Terra para completar seu
treinamento. Cada um apresentou seu plano a Satanás para a destruição da
humanidade.
O primeiro propôs-se a dizer às pessoas que Deus não existe. Satanás
respondeu que isso não enganaria muitos, pois a maioria tem a sensação do
contrário.
O segundo disse que proclamaria que o inferno não existe. Satanás
rejeitou essa tática também, pois a maioria das pessoas tem noção de que o
pecador, um dia, receberá o que merece.
“O terceiro disse: ‘Direi aos homens que não há pressa.’ ‘Vá’, respondeu
Satanás, ‘e você arruinará milhares de homens.’”
Sabe, eu não vinculo o natal a comida, bebida, compras, igreja, papai
noel (não que tudo isso seja inerentemente mau, mas, me parece que trocamos as
prioridades). Eu relaciono o natal com a Pessoa maravilhosa de Jesus Cristo – o
Jesus histórico, bíblico e o Senhor Jesus Todo-poderoso, Criador, Mantenedor e
Redentor do universo, e em especial de nosso planeta cadente e da nossa
existência!
Eu tenho pressa de que o Senhor Jesus venha resolver os problemas
sociais, políticos, ambientais, de segurança, de saúde, de família, de educação
que nós homens criamos e não sabemos resolver. E outros problemas sobrenaturais
que assolam (in)visivelmente cada ser humano.
Tenho pressa, pois, enquanto estou no conforto de minha casa existem
tantas criancinhas sofrendo absurdos (por aqueles que deveriam protegê-las
inclusive), tantos enfermos clamando por saúde, tanta gente desanimada com esta
vida, tantas injustiças, tanta falta de misericórdia e de noção!
Como é que eu posso viver feliz, acomodado, satisfeito com essa cultura
e com esse estado das coisas se eu sei que a felicidade é artigo de luxo, na
maioria das vezes por causa das nossas próprias escolhas e vaidades?!
Portanto, quero convidá-lo(a) a também ter pressa: pressa em BUSCAR A
DEUS TODOS OS DIAS DO ANO; pressa em abandonar maus costumes, vícios
degradantes e egoístas; pressa em amar de verdade a Deus e ao próximo; pressa
em ajudar a quem você enxerga que precisa de ajuda (em vez de culpar o governo
por descaso, em vez de fechar os seus olhos); pressa em abandonar o mal, as
filosofias más com seus resultados sociais terríveis, e escolher Jesus – a
melhor das filosofias, o Autor de todo o bem! Chega da religião politicamente
correta, chega do costume de “crer” em Deus! Isso não está melhorando o Brasil
(o país mais católico e evangélico, ao mesmo tempo, do mundo). Olha quanta
corrupção, quanta imoralidade, quanta mentira, quanta incoerência, quanta falta
de educação, quanta demora em melhorar – e eu não estou falando do Congresso
Nacional! Estou falando de nossas famílias, de nossos locais de trabalho, de
nossas próprias vidas!!
O que você acha?? Pra mim, natal é isso. Jesus veio uma vez e essa é a
garantia de que Ele vai voltar como prometeu ao subir ao Céu, e eu quero ter
pressa não só em que Ele venha logo, mas quero ter pressa em ajudar o maior
número de pessoas antes de Ele vir, e quero me apressar hoje e todos os dias do
ano, para que o natal continue me lembrando do que já fiz e do quanto ainda
preciso fazer ! E, como a parábola salientou, “a ilusão mais
perigosa é pensar que o tempo nunca chegará ao fim. ‘Amanhã’ é uma palavra
perigosa e só crer é um engano muito bem propagado”.
Dentro deste (novo) contexto é que eu lhe desejo um ótimo NATAL COM
JESUS, PARA JESUS E POR JESUS!
Hendrickson Rogers.

Deixe uma resposta