Fugindo da Morte – 1ª parte (#HistóriasPraMudarSuaHistória)

Joel Sandoval cresceu num lar cristão, mas sua vida não foi transformada pela graça de Deus. Quando adolescente, ele se ressentiu das restrições bíblicas ao ponto de, aos 15 anos, ele abandonar sua igreja e se juntar a uma gangue. Ele rapidamente se envolveu com o crime organizado, com as drogas e também com o espiritismo. Ele teve seu corpo tatuado com símbolos de demônios e começou a fumar maconha. Logo ele partiu para as drogas mais pesadas, como a cocaína.
Os pais de Joel o deixavam morar com eles na esperança de que ele enxergasse o erro de suas escolhas. No entanto, quando ele estava sob o efeito das drogas, muitas vezes ele destruía as coisas em casa e aterrorizava sua mãe! Quando o efeito passava, Joel ficava deprimido. Certa vez ele mesmo tentou se matar.
Apesar das orações e oferecimentos de ajuda constantes de seus pais, Joel estava convencido de que ninguém o amava.
Ele zombava de seus pais e das outras pessoas que o convidavam à igreja. Joel os odiava por aquilo que representavam; ele odiava a igreja; ele odiava Deus. Apesar de seus abusos, seus pais continuavam a orar por ele e lembrá-lo do amor incondicional de Deus. Sua mãe estava convencida de que um dia ele voltaria para Deus.
Uma noite, Joel se juntaria à sua gangue numa briga com outra gangue. Mas, uma voz parecia avisá-lo para não sair de casa naquela noite. Ele decidiu ficar em casa. Mais tarde soube que seu melhor amigo tinha sido morto durante a luta. Joel percebeu que a voz de advertência que ouviu foi a voz do próprio Deus. Deus tinha salvado sua vida!
Enquanto pensava sobre os últimos meses, Joel percebeu que Deus estava a lhe falar, dizendo-lhe que suas escolhas estavam levando-o para situações erradas e perigosas! Joel começou a chorar, pois ele não via saída de sua vida infestada de drogas. 
Ele decidiu frequentar a igreja novamente. Mas quando os membros lhe deram as boas-vindas, ele pensou que eles estavam olhando para ele, para sua vida. Ele começou a sentir-se como um estranho. E parou de frequentar a igreja mais uma vez.
Joel, então, decidiu deixar seu país, Honduras. Quando ele disse a sua mãe sobre seus planos, ela chorou muito! Antes dele sair ela colocou um pequeno livro em sua mão. “Por favor, leve com você filho”, ela implorou. Era um Novo Testamento. E, apesar de seus sentimentos sobre a religião, Joel pediu para sua mãe orar por ele.
Joel e cinco outros jovens deixaram Honduras, indo para o México. Passaram pela Guatemala e chegaram no México. Mas, de manhã bem cedo eles se viram cercados por uma multidão enfurecida que estava brandindo facas e armas! Os jovens perceberam que aqueles homens tinham a intenção de matá-los. No dia anterior, alguém tinha roubado a mercadoria de uma empresa local, e a multidão estava convencida de que os seis jovens eram os ladrões! Vomitando ameaças de morte, os moradores avançaram sobre os jovens e os lançaram num quarto. Do lado de fora, alguns deles circulavam a casa com suas armas e facas nas mãos.
Assustados, os rapazes assistiram alguns homens preparando forcas para pendurá-los! Alguns deles começaram a clamar, implorar, jurar; outros soluçavam de tanto chorar.
Joel pensava em como ele havia decepcionado sua família e Deus. Ele se lembrou da pequena Bíblia dada por sua mãe, tomou-a e começou a lê-la…
Continua AQUI.
Fonte: Sabath School NetTradução e alterações a partir do original por Hendrickson Rogers.

Deixe uma resposta