Sobre a origem do mal, da imperfeição e do sofrimento

Participantes: Anônima (An) Jean (Je) e Hendrickson Rogers (HR).

(Je) Se Deus é bom e criou coisas boas, por que e como surgiu o mal? Se Deus é onisciente, não existe livre arbítrio.

(HR) Afirmação inconsistente baseada na crença de que a onisciência divina “causa” o futuro. A Bíblia sugere que a onisciência não é causativa, apenas perceptiva!

(Je) De onde veio o orgulho de Lúcifer, se ele era uma criatura perfeita?

(HR) Pergunta construída com um viés (in)consciente, pois induz o leitor (incauto) a concordar com o indagador enviesado de que perfeição é escravidão! A Bíblia sugere que perfeição e liberdade são perfeitamente compatíveis. Uma evidência para isso é o fato de seres imperfeitos (nós) possuirmos alto grau de liberdade. O que dizer de seres perfeitos?! Portanto, se seres imperfeitos possuem liberdade imperfeita, seres perfeitos devem possuir liberdade perfeita.

(Je) Concordo que exista livre arbítrio, mas nesse caso devemos descartar a ideia de um deus onisciente.

(HR) Sugiro que vc descarte sua premissa que impõe incompatibilidade entre livre-arbítrio e perfeição…

(Je) Se Deus não pode ser explicado, então o que a teologia quer explicar quando fazemos uma pergunta desta? A resposta é sempre a mesma: “É mistério de Deus!”

(HR) De acordo com as Escrituras judaico-cristãs, Deus pode e foi explicado (ao menos dentro dos limites da racionalidade humana..) através de Jesus. Se Jesus é Deus, logo Deus pensa como Jesus, age como Jesus e vive como Jesus. 

(Je) Mas quem criou o anjo? A obra de Deus é perfeita, então este anjo veio com defeito.

(HR) Pergunta enviesada.. O Fabricante cria perfeitamente Suas criaturas livres!! Ora, se elas são livres elas podem escolher perder a perfeição outorgada.

(Je) E complemento… como e por que surgiu o sofrimento…

(HR) Eclesiastes 7

(29) Eis o que tão-somente achei: que Deus fez o homem reto, mas ele se meteu em muitas astúcias.

No caso da perfeição da humanidade, o ex ser perfeito, que primeiro foi seu próprio tentador, agora, para expandir seu sistema de rebelião ao Governo perfeito de Deus, se torna, pela primeira vez em todo o universo, o tentador, Satanás, o adversário, o diabo ou enganador! Adão e Eva, mesmo sob orientação e suporte de Deus e anjos não caídos, mesmo com o histórico do início do mal, caíram ao colocar outro acima de Deus. O próprio adversário de Deus, uma ex-criatura perfeita, se candidatou a substituto do Criador e foi eleito pelo voto da maioria. Eva e depois Adão.

 O império do mal havia feito sua primeira colônia no universo perfeito do Criador. O sofrimento dos adeptos humanos seria levado ao extremo, tudo para macular a Criação perfeita, mas autônoma, com a liberdade de continuar perfeita ou de optar por um estilo alternativo..

 Mas, qual a alternativa Àquele que é perfeito e fonte da vida? Somente a imperfeição e a morte.

(Je) Livre arbítrio implica na escolha de alternativas, digamos que A seja o bem e B seja o mal. Você pode escolher entre os dois certo? Mas quem criou ambos?

(HR) Mais uma pergunta que induz ao erro.. Livre-arbítrio não é a somente a liberdade de escolha entre opções que já existem. Liberdade também tem que ver com a possibilidade de se elaborar opções que, até então, não existem! Lúcifer era livre. Ele não escolheu o mal, pois até ali, o mal não existia.. Ele elaborou uma alternativa que Deus não havia lhe oferecido, mas lhe havia permitido elaborar, uma vez que Ele o havia dotado com livre-arbítrio.

(Je) Se Deus é onisciente e criador, então ele conhece todas as “escolhas” que faremos, onde vc vê liberdade nisso?

(HR) Amigo, onde que o fato de Deus conhecer nossas escolhas antes de elas serem consumadas interfere nas próprias?? Não seria o caso de vc confundir onisciência com predestinação? De fato, a Bíblia afirma explicitamente que Deus é tanto onisciente quanto predestinador. Sendo que a onisciência dEle não causa o futuro, apenas o antevê. E a predestinação dEle é no sentido de predestinar todos a salvação, tipo, no que depender dEle, todos os pecadores humanos têm condições de receber a vida eterna.

Por outro lado, se há o livre-arbítrio, essa predestinação deve aguardar a escolha de cada um! Logo, a predestinação de Deus difere de Sua onisciência: a onisciência sabe quem será salvo/perdido, mas não interfere; a predestinação salva a todos, mas permite a interferência (opção pela perdição). 

(Je) São livres pra escolher perder a perfeição, escolhem um caminho fora dos caminhos do fabricante, mas ele não criou TODOS os caminhos?

(HR) Se Deus criasse todas as possibilidades, Ele seria corresponsável. Portanto, a Bíblia sugere que Ele antevê todos os caminhos, e isso é tão diferente de criá-los como são diferentes assistir à um filme e produzir um filme. Ele criou seres perfeitos, lhes deu exemplo de como manter-se perfeito, mas permitiu que eles escolhessem entre obedecê-Lo e desobedecê-Lo. A obediência não implica perda de liberdade. Pelo contrário: minha filhinha de 4 anos não perde a liberdade dela enquanto me obedece!! Ela ganha segurança pois sou anterior a ela, tenho maior capacidade de antevidência em relação à ela.

Mas, a desobediência dela a limita e pode até matá-la caso eu permita…. 

(An) Posso fazer uma pergunta? Hoje cedo, numa livraria perto de casa, abri um livro católico com o questionamento de um cristão para o papa Francisco. Ele queria uma resposta para o sofrimento… Francisco respondeu que esta era a única pergunta realmente sem uma resposta concreta, que talvez pudesse ser discutida através do nosso sentimento de compaixão com o próximo… o que vocês pensam sobre isso? Por que passamos e sentimos tantas dores físicas e emocionais?

(HR) Ezequiel 28

(14) Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas.

(15) Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniqüidade em ti.

A criatura perfeita não foi tentada por alguém externo a si. A “mente” perfeita de Lúcifer optou pela imperfeição a partir do momento em que sua opinião se tornou merecedora de maior confiança do que a opinião do Eterno. Ele fechou seus olhos para as evidências da fidedignidade divina, e selecionou dentre seus muitos pensamentos apenas aqueles que desconfiavam da honestidade de Deus. Dúvidas são normais e saudáveis. Mas quando elas se tornam desculpas, quando nem as evidências são capazes de conduzir a mente à aprendizagem, quando a mente chega ao ponto de só aceitar aquilo com o que se identifica, bem o ponto de inflexão é atingido, e nem mesmo Deus, para respeitar a liberdade perfeita, livra o ser perfeito de se tornar imperfeito. O sofrimento é só um fruto da imperfeição.

Transcrição do grupo Aprendizagens para aqui, e correções por Hendrickson Rogers.

 

Hendrickson Rogers

Oi, como vai? Então, o "prof. H" é professor de Matemática há 17 anos, mestre em Ensino de Matemática no Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática da Universidade Federal de Alagoas, especialista em Educação Matemática e especialista em Educação a Distância. Meu nome de fato é Hendrickson Rogers e o que me define não está supracitado. Sou um guerreiro nas fileiras do Rei Jesus Cristo e minha maior motivação é Sua promessa de retorno, recriação e vida eterna sem pecado e dor! Tudo o que faço gira em torno de meu Criador e Seus ensinamentos. A família, a educação matemática e a ciência (e tudo o mais) são oportunidades de honrá-Lo e evidenciá-Lo, até que Ele mesmo prove Sua existência! Prazer! Seja muito bem vindo(a)! Vamos calibrar sua cosmovisão poderosamente =D

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: