Uma vida de influência (#HistóriasPraMudarSuaHistória)

Elizabeth Kimongo
Elizabeth
Kimongo nasceu em uma família tradicional Maasai,
no Quênia. Em sua cultura as meninas se casam logo após seu décimo segundo
aniversário. As mulheres têm pouco a dizer sobre seus desejos, mas
Elizabeth recusou-se a deixar a escola para se casar. Ela tinha um sonho!
Enquanto
estava em casa, nas férias antes de começar o ensino médio, Elizabeth soube que
seu pai tinha arranjado para ela se casar com um homem mais velho. Com a
bênção de sua mãe, ela escapou e voltou para a sua Escola. No ensino médio
Elizabeth fez sua escolha por Cristo e, mais tarde, foi batizada. Quando
ela disse à mãe que queria cursar a Universidade, sua mãe a incentivou a ir. 
Elizabeth
está se formando em agricultura, uma área que irá ajudá-la a ensinar as pessoas
a preservar suas terras, proporcionando-lhes uma vida melhor! Ela trabalha
no campus e recebe alguns fundos de bolsas de estudo para pagar as despesas. Às
vezes ela passa um semestre inteiro sem estudar para trabalhar e conseguir dinheiro
suficiente para continuar seus estudos!
O exemplo de Elizabeth ajudou suas
irmãs mais novas a permanecerem na Escola e evitar o casamento precoce. Seu
pai, que antes ficava irritado ao ver que sua filha se recusava a casar com o
homem que ele escolhia, agora aceita sua decisão. No entanto, suas irmãs
mais novas são pressionadas a se casarem com aquele homem. Elizabeth
incentiva as irmãs a andarem perto de Deus e continuarem seus estudos para terem uma
vida melhor. 
Elizabeth insiste com outras meninas Maasai para que estudem duro e confiem em Deus. “Não permita
que as circunstâncias da vida roubem sua vida!”, diz ela. “Satanás
quer destruir você. Você deve confiar em Deus e não deixar que Satanás lhe
desvie de Seu caminho.”

Elizabeth,
agora, tem idade suficiente e sua comunidade não vai forçá-la a se casar. Eles
aceitam-na como uma mulher adulta que pode tomar suas próprias decisões. “Eu
quero ensinar o meu povo, pelo exemplo, como produzir melhores colheitas para
uma vida melhor”, diz ela. “A aldeia me deu um pedaço de terra
que eu uso para plantar, para que meus conterrâneos possam ver por si mesmos o
sucesso que eles podem ter seguindo o meu exemplo.”
Elizabeth é grata pelas
instituições cristãs que a prepararam para viver uma vida de influência entre
o seu povo Maasai. Elizabeth
Kimongo em breve completará seus estudos e voltará para sua aldeia para
trabalhar por seu povo e compartilhar o amor de Deus entre eles!
Tradução (e alterações a partir do original) por Hendrickson Rogers.

Deixe uma resposta